quinta-feira, 11 de junho de 2009

Maridos complacentes

donas de casa
entediadas
procuram empregos,
voltam a
estudar,
montam empresas
fazem tudo
para fugirem da
rotina
deveriam
sair
para beber e
arrumar amantes.
um por noite,
um por bar,
um por
cada
desgosto
e não
sair
derramando seu
desencantamento
nos outros
ou em coisas

deviam comprar
novas
lingeries,
se deixarem
molhar
por falas de
estranhos,
usar
mini-sais
para serem cobertas
de prazer

no lugar
disso
querem novas
mesas e
novas rotinas

querem continuar
secas
querem seus
maridos complacentes

me deixam
no balcão de bares
mamando a minha
cerveja
enquanto soltam
o tédio no ar

Emilíana Torrini - Jungle Drum